25 de julho de 2017

Dia do Idoso "provavelmente vai ser depois das eleições" - Presidente não quer dar "satisfações"



O Dia Internacional do Idoso comemora-se anualmente a 1 de outubro. A efeméride, que coincide este ano com a realização das eleições autárquicas, foi instituída em 1991 pela Organização das Nações Unidas (ONU), com o objetivo de sensibilizar a sociedade para as questões do envelhecimento e da necessidade de proteger e cuidar da população mais idosa.

No Concelho de Marvão a data celebra-se desde que foi instituída e este ano não deverá ser excepção. Neste sentido, parece-nos sensato que a comemoração seja programada para depois do dia 1 de Outubro, tal como tem acontecido nos anos anteriores, para que haja condições para decorrer de forma positiva e independente das condições que envolvem o processo eleitoral.

Na programação de eventos programados até final de Setembro, que a Câmara Municipal divulgou na sua página de internet e em alguns órgãos de comunicação social, não consta qualquer referência à iniciativa, o que deixa antever essa possibilidade. No entanto para acautelar surpresas e relembrando o sucedido em 2013, ano de eleições em que o evento foi antecipado para Setembro, entendemos por bem questionar o Senhor Presidente da Câmara sobre o assunto, apresentando na reunião do Executivo do dia 17 de Julho as seguintes questões:
- O Senhor Presidente pondera agendar a comemoração do Dia do Idoso, para uma data anterior a 1 de Outubro?
- Será a Rede Social envolvida no agendamento e programação das comemorações do Dia do Idoso deste ano?

Não podendo o Senhor Presidente evitar as nossas questões, o teor das respostas deixou-nos perplexos, pelo que revela sobre o grau de participação, democracia e responsabilidade que merecem do Executivo as decisões relacionadas com a gestão do Município. Considerando que esta é uma matéria que mobiliza a atenção de numerosas entidades que são envolvidas na preparação do evento, bem como da população, convidada massivamente a participar nas atividades do Dia do Idoso, tomámos a iniciativa de transcrever publicamente as  palavras do Senhor Presidente, para que cada um possa avaliar a sua gravidade.

“O Sr. Presidente respondeu que (o evento) não apareceu no programa conjunto porque não foi o próprio que o fez, mas o Turismo que informa os eventos dos dois municípios para a agenda cultural em conjunto (com Valencia de Alcantara). (…) o Presidente não tem que dar satisfações porque o valor em causa é menos de cinco mil euros e é decisão do Presidente e não da câmara municipal. Mudou a data duas vezes e foi devidamente aceite. Provavelmente vai ser depois das eleições mas terá de avaliar a situação. Este assunto não vai à Rede Social porque é uma atividade da câmara. O ano passado o FortificarMarvão pediu para integrar o Dia do Idoso, num programa que fizeram dedicado à Semana do Idoso. Este dia do idoso nunca foi um evento exclusivo, são convidadas todas as juntas de freguesia, todos são voluntários das instituições e da câmara municipal. Sobre estas questões do Sr. Vereador, teve o cuidado de pedir aos juristas até que ponto tinha de dar satisfação sobre este assunto que é da esfera de ação do presidente.”

Resumindo o conteúdo da intervenção que há-de ficar registado em ata: o Senhor Presidente ainda não decidiu a data de realização da iniciativa, que se realizará quando ele entender; não tem de dar contas a ninguém porque pode autorizar sozinho a despesa e dispensa qualquer apoio por parte dos parceiros da Rede Social.


O Dia do Idoso em Marvão não pode ser o dia do Senhor Presidente. Nos dias que correm, as políticas de proteção social precisam de ser assumidas com outra responsabilidade e orientação, porque os idosos e as instituições do nosso Concelho merecem mais apoio, respeito e reconhecimento por parte do Senhor Presidente e da Autarquia.

29 de junho de 2017

NOTA DE PESAR - MEMÓRIA DE JOSÉ MARIA DA GRAÇA



Nesta data, em nome do Partido Socialista de Marvão, apresentamos as nossas mais sinceras condolências à família e amigos por esta inestimável perda.

14 de março de 2017

PS apresenta Propostas para a Manutenção do Balcão da CGD em Marvão

O Vereador do Partido Socialista na Câmara Municipal de Marvão, Jaime Miranda, apresentou um conjunto de cinco propostas tendo em vista a manutenção do Balcão da Caixa Geral de Depósitos em Marvão.

Estas propostas passam pelo aprofundamento de relações com o Banco Público, com a devolução do valor da renda paga pelo Banco em publicidade nos eventos do Município, mas sobretudo pela reversão do depósito de 300.000€ que foi feito no Novo Banco (BES), no ano de 2016, e que poderia ajudar a fixar a CGD em Marvão.

O Partido Socialista acredita que estas podem ser a bases para o início de uma negociação que garanta a continuidade do Banco em Marvão, no sentido de continuar a servir as pessoas, apoiar as empresas e salvaguardar os postos de trabalho.

Cópia da Proposta


12 de março de 2017

Rui Gavancha anunciado como candidato socialista à Freguesia da Beirã


Rui Miguel Batista Gavancha, de 43 anos de idade, funcionário da Câmara Municipal de Marvão, encabeçará a lista socialista que irá concorrer às próximas eleições autárquicas na Freguesia da Beirã.

Descendente de um ferroviário, Rui Gavancha nasceu e residiu sempre na Freguesia da Beirã e conhece como poucos a realidade do território, as lacunas existentes e as suas possíveis soluções.

“Conheço Madalena Tavares há muitos anos e vendo a excelente equipa que a acompanha, rapidamente concluí que seria para mim uma honra e uma concretização pessoal poder integrar este projecto, que considero ser o melhor para o concelho de Marvão.

A equipa que apresentamos à Junta de Freguesia da Beirã destaca-se pela sua proximidade, dinamismo e humildade. Estaremos disponíveis, diariamente, para resolver os problemas da população, melhorar as nossas infraestruturas e os serviços da Freguesia”

6 de março de 2017

Serviço público bancário em Marvão é imprescindível

Luís Moreira Testa questiona Ministro das Finanças sobre possível encerramento do balcão da CGD

A possibilidade de encerramento do balcão da Caixa Geral de Depósitos em Marvão levou Luís Moreira Testa a questionar o Ministro das Finanças. É preciso assegurar o serviço público bancário à população do concelho e, como tal, todas as hipóteses têm de ser equacionadas antes de tomar uma decisão que afecta a vida dos cidadãos.
O deputado solicitou, por isso, mais esclarecimentos que podem ser acedidos aqui:


5 de março de 2017

Silvestre Andrade candidato à Freguesia de Santo António das Areias



Silvestre Mangerona Fernandes Andrade, actual Presidente da Junta de Freguesia de Santo António das Areias eleito pelo Partido Socialista, vai-se recandidatar ao cargo nas próximas eleições autárquicas de 2017.

Reformado, 69 anos, o candidato socialista a esta Freguesia tem uma longa experiência na gestão autárquica, tendo exercido como vice-presidente, durante dois mandatos, na Câmara Municipal de Marvão. Foi membro da Assembleia Municipal, e mantém, há longa data, uma participação activa na vida associativa em Santo António das Areias.

Silvestre Andrade mantém na sua equipa os actuais dirigentes da Junta de Freguesia, Mário Neto da Silva e José Luís Andrade, numa clara aposta na continuidade do trabalho que esta equipa vem desenvolvendo, há vários mandatos, à frente da freguesia Arenense.

«Tenho esta freguesia no coração e com a minha equipa vamos dar continuidade ao bom trabalho desenvolvido, mantendo esta Junta de Freguesia a trabalhar humildemente com todos e para todos, com compreensão, tolerância e tempo para ouvir.»

«A regeneração urbana e económica da nossa freguesia, que desde há muito reclamamos, só acontecerá se a população continuar a confiar nesta equipa socialista, que todos os dias dá o seu melhor para resolver os problemas dos arenenses, dignificar as nossas aldeias e lugares e trabalhar com todas as colectividades da nossa terra.»

«Queremos que a Junta continue a cumprir a sua missão e trabalhe para a nossa população. Por isso, contem connosco que nós contamos convosco!»

26 de fevereiro de 2017

Jorge Marques é o candidato socialista à Assembleia Municipal de Marvão



A proposta socialista para a Presidência da Assembleia Municipal é Jorge Manuel Ramos Lourenço Marques, de 47 anos de idade, casado, natural da freguesia de Santo António das Areias, concelho de Marvão.

Licenciado em enfermagem, que exerce desde 1991 no Hospital Dr. José Maria Grande, em Portalegre, Jorge Marques sempre foi um homem permanentemente atento e dedicado às causas sociais e associativas.

Membro dos Bombeiros Voluntários de Portalegre, onde já exerceu funções de comando, integrou, durante a sua juventude o Rancho Folclórico da Casa do Povo de Santo António das Areias tendo participado também na organização das edições iniciais da Feira da Castanha. 

O nome de Jorge Lourenço Marques ficará para sempre associado à equipa médica que, em 2008, prestou apoio ao contingente da GNR em Timor Leste, e esteve directamente envolvido no socorro inicial ao Presidente Ramos Horta no atentado que este sofreu a 11 de Fevereiro daquele ano. A heróica intervenção do enfermeiro marvanense foi reconhecida internacionalmente, tendo sido unanimemente louvada e condecorada.

Aceitei o honroso convite que me foi dirigido por Madalena Tavares e pelo Partido Socialista por um dever de cidadania. Os Marvanenses merecem e esperam de quem os representa, no exercício das suas funções, eficácia, iniciativa e transparência. Os Marvanenses merecem e esperam que os eleitos do poder local conheçam o território, conheçam as pessoas e todos tratem de forma justa. A equipa liderada por Madalena Tavares é a que melhor garante o futuro do concelho de Marvão e dos seus habitantes! Na Assembleia Municipal tudo faremos para garantir que TODOS serão ouvidos e se sintam representados!
MARVÃO MERECE MAIS!” assinalou o cabeça-de-lista à Assembleia Municipal.

24 de fevereiro de 2017

AFIRMAÇÃO DA DEFESA DAS "ÁRVORES FECHADAS"


A aprovação da proposta que o Partido Socialista apresentou, na última reunião de Câmara, é um avanço na salvaguarda das Árvores Fechadas

A classificação como Património de Interesse Municipal vai contribuir decisivamente para proteger este local, que é de todos os Marvanenses!



20 de fevereiro de 2017

Árvores Fechadas - Aprovada por unanimidade proposta do PS

A proposta que o Vereador eleito pelo Partido Socialista - Jaime Miranda - apresentou na última reunião de Câmara, a 20 de Fevereiro de 2017, foi aprovada por unanimidade pelos membros do Executivo. Mais um passo significativo para a defesa daquele Património!

Pode consultar a proposta AQUI.



19 de fevereiro de 2017

António Bonacho é o candidato socialista à Freguesia de São Salvador da Aramenha


A grande experiência autárquica aliada ao profundo conhecimento da Freguesia de São Salvador da Aramenha e da sua população são algumas das características do candidato que o Partido Socialista apresenta a esta Junta de Freguesia. António Bonacho, de 53 anos, é Chefe de Secção Administrativa na Câmara Municipal de Marvão e foi Secretário da Junta de Freguesia de São Salvador da Aramenha durante dois mandatos, 1997 a 2005.

“Aceitei o convite que me foi dirigido por Madalena Tavares, porque é a pessoa mais experiente, mais capaz e mais bem preparada para liderar os destinos do Concelho de Marvão.
Acompanha-me uma equipa experiente, na qual deposito uma enorme confiança.
Une-nos a vontade de trabalhar, de inovar e desenvolver a nossa Freguesia de São Salvador da Aramenha, dignificando as suas instituições e a sua população”.